Fechar

Jornada do Cliente: o que é e como mapear?

Por Clarice de Pinho em 8 de novembro 2022
Experiência do Cliente

Tempo de leitura: 9 minutos

Compreender a jornada do cliente é um dos primeiros passos para traçar as melhores estratégias de Marketing e Customer Experience. É ela que vai direcionar as ações para que, de fato, proporcionem a melhor experiência para o cliente.

Por isso, se a sua empresa deseja aumentar o nível de maturidade em CX e está pronta para abordar uma estratégia robusta e sustentável, é importante conhecer, mapear e ter clareza sobre a jornada do cliente.

Essa jornada vai ditar o passo a passo que seu cliente segue até chegar em você, assim como os próximos passos após uma conversão para fidelizá-lo.

Preparamos um artigo completo sobre o assunto, para ajudar você a evoluir sua estratégia de CX e alcançar os melhores resultados. Acompanhe a leitura até o fim!

O QUE É JORNADA DO CLIENTE?

o que é a jornada do cliente

Antes de tudo, é importante entender o que é a jornada do cliente.

A jornada de compra diz respeito ao caminho que o cliente percorre desde o momento que percebe a necessidade de um produto/serviço até o pós-venda de uma empresa.

É importante ressaltar que a jornada existe e acontece a despeito da sua empresa conhecer seus pontos principais. O diferencial, no entanto, é que, mapeando a jornada do seu cliente, é possível ser mais assertivo nas ações para garantir sua satisfação.

Ela é composta por algumas etapas e entender cada uma delas é fundamental para criar a melhor estratégia para conquistas e, posteriormente, fidelizar o seu consumidor.

Ou seja, quando entendemos como essa jornada funciona, fica mais fácil identificar os acertos e erros que a empresa está cometendo.

QUAIS SÃO AS ETAPAS DA JORNADA DO CLIENTE?

Agora que você já sabe o que é a jornada do cliente, é importante saber quais são suas principais etapas. Vale ressaltar que, dentro de cada macro etapa, existem vários pontos de contato, que variam de acordo com a jornada específica do seu cliente.

Ou seja, a importância de conhecer bem o cliente está diretamente ligada ao sucesso do seu mapeamento, que deve ser específico para a persona do seu negócio.

É possível, inclusive, que sua empresa mapeie mais de uma jornada, a depender do cardápio de serviços disponíveis.

Uma oficina mecânica, por exemplo, pode precisar de mapear a jornada de clientes que realizam revisões e manutenções em dia e de clientes que só buscam o serviço quando o carro apresenta um defeito.

1 – Aprendizado e descoberta

Essa é a primeira etapa da jornada. Aqui, o seu cliente em potencial começa a tomar consciência de que possui um problema. Antes, ele provavelmente desconhece a própria necessidade e, por isso, talvez ainda não esteja buscando uma solução.

A partir do momento que a pessoa entende que tem um problema, é o momento da sua empresa educá-la para que compreenda o valor do seu serviço e/ou produto como solução.

2 – Reconhecimento do problema

jornada do cliente - reconhecimento do problema

Nesta etapa, o consumidor já sabe que tem um problema e está ativamente em busca de soluções. Para esse momento, destacamos o valor da indicação de amigos e familiares.

Além das pesquisas na internet, que atualmente são básicas para qualquer processo de decisão de compra, a busca por pessoas que já usaram serviço semelhante também é uma ação prevista.

Por isso, é nessa etapa que os clientes leais ajudarão a sua empresa a reduzir os custos com a aquisição de novos clientes.

3 – Validação do seu produto ou serviço como solução ideal

Esta etapa é uma das mais estratégicas da jornada. Aqui, o seu prospect já está considerando opções para resolver o problema que tem. Ele irá, então, fazer comparações entre diversas empresas ou produtos e serviços.

A indicação, como na etapa anterior, também tem grande valor neste momento. Ter uma experiência diferenciada em um primeiro contato com sua equipe de Sales também pode ser fundamental para o processo de escolha.

4 – Compra

Nesta fase, o cliente já identificou a solução que precisa, já pesquisou e comparou e vai, finalmente, efetuar a compra. Isso não significa que seja o fim da jornada ou da sua estratégia de Customer Experience. Pelo contrário!

Esse é o momento de encantar, apresentar todos os diferenciais da sua empresa e do seu produto e escolher os canais mais adequados para manter contato com o cliente.

Confira nossas dicas para encantar o seu cliente!

5 – Entrega e onboarding

A entrega também é uma etapa importante na jornada do cliente. Seja um consumidor final ou uma empresa, todo cliente tem um grau de ansiedade para receber o produto ou serviço adquirido.

Pensando nisso, lembre-se que a entrega do produto, assim como o processo de onboarding da empresa, devem ser pensados para fluírem sem atritos e com uma comunicação clara.

As pesquisas de satisfação farão um papel fundamental de rastreamento da eficiência do seu processo, gerando insights para melhoria contínua.

6 – Pós-venda e ongoing

Essa é a última etapa da jornada e é onde a “mágica acontece”. Afinal, é nela em que trabalhamos ações para a fidelização do cliente. Além de um atendimento especial, é fundamental acompanhar a satisfação do cliente nesta etapa.

Um pós-venda bem feito aumenta as chances de retenção do cliente, com o potencial de torná-lo um embaixador da marca. Além disso, o acompanhamento do ongoing é uma oportunidade de ouro para identificar possíveis falhas em seus produtos e/ou serviços e criar oportunidades de melhoria.

Quer saber mais sobre os processos de onboarding e ongoing? Temos um webinar especial sobre o assunto, para ajudar a sua empresa a trabalhar de forma estratégica. Acesse gratuitamente!

POR QUE DEVO MAPEAR A JORNADA DO CLIENTE?

Por que mapear a jornada do cliente

Existe uma série de razões importantes para mapear e entender a jornada, que trarão benefícios em várias dimensões do negócio:

Reduzir custos

Ao desenhar a jornada do cliente, você consegue prever e planejar ações para diferentes abordagens. Dessa forma é possível evitar falhas, reduzindo o custo de retrabalho.

Além disso, o mapa da jornada ajuda com as estratégias de aquisição e manutenção de clientes, reduzindo o CAC (Custo de Aquisição de Cliente) e aumentando o LTV (Lifetime Value).

Lembre-se que o custo para reter um cliente é até 5 vezes menor do que para adquirir um novo.

Identificar falhas e gargalos

Com uma jornada do cliente bem definida em mãos, fica mais fácil identificar onde estão os erros e gargalos de sua operação. 

Ao detectar os pontos de melhoria por meio do mapeamento da jornada, a otimização da estratégia e o tratamento das falhas são simplificados e podem acontecer de forma ágil e eficiente.

Para cada ponto da jornada, você pode usar uma métrica de satisfação para ajudar na identificação de tais gargalos.

O NPS, por exemplo, pode ser usado para identificar como anda o nível de lealdade do cliente com a sua empresa como um todo. Enquanto o CSAT é uma excelente métrica para monitorar a satisfação do cliente após pontos de contato específicos na jornada.

E, é claro, você pode criar métricas compostas como o Perfect Order, capazes de monitorar de forma personalizada a satisfação do cliente, de acordo com a necessidade do seu negócio. 

Aumentar as vendas

Quando você conhece melhor o seu público, suas dores, desejos e comportamentos, fica mais fácil criar gatilhos de vendas.

Além disso, fidelizar os clientes é um caminho para aumentar a aquisição de novos clientes por indicação. Ou seja, além dos clientes fiéis comprarem mais, eles trarão novos clientes.

MAPA DA JORNADA DO CLIENTE: COMO FAZER?

Até o momento, trouxemos para você informações sobre o que é e a importância da jornada do cliente. Confira, agora, as dicas para mapeá-la e obter os melhores resultados em sua estratégia de CX.

Defina a sua persona

Conhecida como “buyer persona”, a persona é um perfil semi fictício que representa o seu cliente ideal. Ela é construída com base em dados e pesquisas e traz as principais características, desejos, valores e hábitos do seu consumidor.

É comum que sua empresa tenha mais de uma persona, que representam perfis de clientes diferentes e que seguem jornadas distintas, como mencionamos.

A grande vantagem de ter uma persona definida é orientar de maneira mais assertiva para comunicar-se com seu cliente e identificar oportunidades de melhoria na jornada.

Identifique as necessidades e dores da persona

jornada do cliente- pesquisas de satisfação

Inclua no mapa da jornada as características mais específicas, expectativas, necessidades e barreiras que a sua persona encontra. Essas informações são mapeadas por meio das pesquisas de satisfação e outras formas de coleta de dados com o cliente.

Dessa forma, é possível identificar com precisão as situações que impedem o cliente de ter uma boa relação com a sua marca. Essas situações podem incluir qualquer ponto que o atrapalhe de avançar na jornada de compra com fluidez e leveza.

Além de mapear os obstáculos, é importante entender como a sua persona pensa, suas expectativas, sentimentos e como se comporta em cada micro-estágio da jornada.

Esse conhecimento é fundamental para orientar um modelo de negócio centrado no cliente.

Identifique os pontos de interação

Outra etapa importante do mapeamento da jornada é a definição dos pontos de contato com o seus clientes e os canais pelos quais os consumidores podem interagir com sua marca. 

Esses canais podem ser on-line ou off-line e podem variar de acordo com o momento da jornada em que o cliente se encontra. Pode estar incluídos:

  • Redes sociais;
  • Whatsapp;
  • Sites de reviews e feedbacks públicos;
  • Site da empresa;
  • Chat;
  • E-mail; 
  • Telefone;
  • FAQ, entre outros.

Nesta etapa do mapeamento, é importante identificar os canais de comunicação preferenciais do cliente e usá-los. Dessa forma, é possível atendê-lo de forma a gerar maior grau de satisfação com o mínimo atrito possível.

Desenhe os fluxos de interação e revisite a jornada

O mapa da jornada do cliente não é um documento inerte. Na verdade, é preciso pensá-lo como um projeto vivo, em constante evolução. Por isso, precisamos revisitar, atualizar com dados mais recentes coletados e corrigir possíveis erros.

O mapa da jornada deve ser atualizado periodicamente para manter-se coerente com as necessidades da sua audiência. Para isso, são utilizados os resultados das pesquisas de satisfação e a análise das métricas de CX monitoradas pela empresa.

Afinal, uma cultura centrada no cliente sugere que o feedback dele seja a bússola que orienta decisões e melhorias no negócio.

FUNIL DE VENDAS: O QUE TEM A VER COM A JORNADA?

O funil de vendas é um modelo estratégico que desenha a jornada do cliente pela perspectiva da empresa, ou seja, ele é a representação do caminho que o cliente percorre até o pós-venda.

Ou seja, o funil de vendas marca os objetivos da empresa em cada uma das fases da jornada. A jornada do cliente, no entanto, diz do caminho que o cliente percorre independente da escolha por determinada marca. Ainda que mapeada pela empresa, ela diz respeito às escolhas do cliente.

Compreender isso é fundamental para traçar as estratégias corretas. Isso porque, uma vez que a sua empresa compreende os dois pontos de vista, é possível planejar e executar as ações necessárias com eficiência e otimizar a experiência do cliente.

JORNADA DO CLIENTE: PRINCIPAIS ERROS

Agora que você já sabe (quase) tudo sobre a jornada do cliente, chegou o momento de descobrir quais podem ser os principais erros e como evitá-los. Confira!

principais erros jornada do cliente

Não ouvir o cliente

Como toda estratégia de CX, a jornada do cliente deve ser, obviamente, sobre o cliente. Dessa forma, ouvir a opinião do seu público é fundamental para que esse mapeamento seja baseado em dados e evidências, e não apenas em suposições.

Em cada etapa, você deve medir como anda a experiência e a satisfação do cliente. Isso é feito por meio das métricas que mencionamos (NPS, CSAT, CES etc), cada uma adequada para um momento da jornada.

Não utilizar dados e pesquisas

A jornada do cliente deve ser mapeada com inteligência e estratégia, por isso é fundamental usar dados e pesquisas para compreender a realidade do seu cliente, da sua empresa e do mercado.

Afinal, o planejamento da sua estratégia de CX não pode estar embasado em intuições e suposições. Isso gera incerteza e dificulta a tomada de decisão. Decisões embasadas em dados traz mais clareza, consistência e eficiência nos resultados.

Deixar de atualizar o mapa da jornada

Um terceiro erro comum, mas que você não pode cometer na sua empresa, é deixar de realizar revisões e atualizações periódicas na jornada do cliente.

As necessidades, preferências e dores dos clientes mudam com o tempo. Por isso, é importante que as pesquisas de Voz do Cliente realimentem o mapa da jornada com informações atualizadas, gerando oportunidades de melhoria contínua.

COMO COMEÇAR A MAPEAR A JORNADA DO CLIENTE?

O mapeamento da jornada do cliente é um dos passos fundamentais para uma estratégia de Customer Experience de sucesso. Afinal, uma jornada bem mapeada pode nortear as ações que gerarão maior satisfação do cliente.

A Track.co pode ajudar a sua empresa a estruturar a gestão da experiência do cliente, estruturando as pesquisas mais adequadas e monitorando os principais indicadores de satisfação.

Quer saber mais? Entre em contato com nossos especialistas e faça um diagnóstico da sua empresa.

Ainda não conhece a Track.co? Acesse o nosso site! Nos siga também nas redes sociais (Instagram, LinkedIn e Facebook) e acompanhe todas as novidades de CX!

Sobre as autoras

Este artigo foi produzido por Diandra Guedes e atualizado por Clarice de Pinho, produtora de conteúdo da Track.co. Nossos conteúdos são periodicamente atualizados e revisados, com o objetivo de trazer as informações mais completas e atuais.

Tudo sobre Experiência do Consumidor, métricas, pesquisa de satisfação e sobre as tecnologias mais inovadoras de CX.

    Artigos relacionados

    Como a experiência do cliente e o marketing…

    8 de novembro 2022 Experiência do Cliente

    5 Dimensões de Customer Experience: como elaborar uma…

    8 de novembro 2022 Experiência do Cliente

    Estratégias para engajar sua equipe e melhorar a…

    8 de novembro 2022 Experiência do Cliente